domingo, 24 de março de 2013

Câncer do Colo do Útero

A principal alteração que pode levar a esse tipo de câncer é a infecção pelo HPV. O câncer do colo do útero é o segundo de maior incidência na mulher, sendo o primeiro, o câncer de mama. A faixa etária de mulheres com o câncer do colo é entre 45 a 49 anos. Em 2010 houve 4.986 mortes e em 2012 houve 17.540 novos casos de doença o segundo o INCA

Alguns fatores de riscos para o desenvolvimento são:
  • Diminuição de vitamina A e C (importante para reparação de tecidos) 
  • Vários parceiros sexuais 
  • Uso de anticonceptivos orais 
  • Multiparidade 
  • Iniciação precoce da vida sexual


Sintomas e tratamento


É uma doença de desenvolvimento lento que pode cursar sem sintomas na fase inicial e evoluir para quadros de sangramento vaginal intermitente ou após relação sexual, secreção vaginal anormal e dor abdominal ssociada a queixas urinárias ou intestinais nos casos mais avançados. 
Os tratamentos mais comuns para o Câncer do Colo do útero são a cirurgia e a radioterapia.

Prevenção e diagnostico precoce


A prevenção pode ser feita usando-se preservativos (camisinha), para evitar o contágio Pelo HPV. A detecção precoce é feita através de exame preventivo (Papanicolau). Quando diagnosticado na fase inicial, as chances de cura são de 100%. Conforme a evolução da doença. Aparecem sintomas como sangramento vaginal, corrimento e dor.
O Ministério da Saúde orienta que as mulheres dos 25 aos 64 anos façam o exame preventivo, o Papanicolau, a cada três anos. E o Ministério da Saúde anunciou a incorporação ao Sistema Único de Saúde da vacina contra o papilomavírus (HPV) a partir de 2014, vírus responsável por 95% dos casos de câncer de colo do útero, capaz de infectar a pele ou as mucosas.




Para mais informações sobre o câncer do colo do útero entre em: http://www2.inca.gov.br

E para conhecer o Programa Nacional de Controle do Câncer do Colo do Útero entre em: http://www2.inca.gov.br/wps/wcm/connect/acoes_programas/site+/home/nobrasil/programa_nacional_controle_cancer_colo_utero/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário!

Postar um comentário